Pílula do Dia Seguinte

As conhecidas pílulas D podem ser efetivas depois de uma relação sem o uso de métodos contraceptivos, porém requer alguns cuidados.

Artigo publicado por Juliane Freitas nas categorias: Dicas

A pílula do dia seguinte é o método anticoncepcional de emergência para casos extremos, onde por fatos alheios a vontade do casal a relação sexual tenha sido consumada sem a devida proteção. O remédio pode agir antes ou depois do processo de fertilização.

Estudos comprovam que para uma eficácia de 99% a pílula deve ser ingerida após a consumação da relação sexual,sendo que se ingerida até 24 horas esse número cai para os 95%.

Entre o período de 25 a 48 horas a chance de sucesso do anticoncepcional cai para 85% e se mesmo depois de todo esse tempo a pessoa não se precaver, existe uma última oportunidade (49 a 72 horas após o coito), reduzindo a eficácia do medicamento para 58%.

Lembrando que esses números não condizem com a possibilidade da pílula falhar, por isso o medicamente deve ser utilizado somente em casos extremos, não se tornando um método anticoncepcional regular.

Pílula do Dia Seguinte

Dose de Pílula do Dia Seguinte

Quais os Efeitos Colaterais das Pílulas do Dia Seguinte?

Todas essas informações são necessárias, porque o uso desse método anticoncepcional acarreta uma série de problemas. Os efeitos colaterais da pílula do dia seguinte podem incluir alteração no ciclo menstrual, alteração no tempo de ovulação, náuseas, vômitos, dores de cabeça e aumento excessivo de sensibilidade nos seios. Em alguns casos, após a ingestão do método anticoncepcional, vômito e diarreia podem aparecer. Pode-se dizer que o corpo rejeita a quantidade excessiva de hormônios (quatro vezes maior que os métodos convencionais), obrigando assim a repetição do remédio.

O que deve ser priorizado em assuntos como este, é o uso da camisinha pois até hoje considera-se o método mais seguro e saudável para a consumação de relações sexuais, evitando doenças sexualmente transmissíveis como o Vírus HIV, HPV e Achlamydia.

Quais os Tipos de Pílulas?

Existem dois tipos de pílulas do dia seguinte no mercado brasileiro, uma que se divide em dois comprimidos (devendo o segundo comprimido ser ingerido após 12 horas do primeiro) e o de dose única que conta com apenas um comprimido.

As pílulas são um Método Contraceptivo Seguro?

Com todas essas informações pode-se dizer que o método anticoncepcional do dia seguinte possui suas falhas, não devendo ser utilizado com um método anticoncepcional regular. Utilize-o somente em casos extremos pois os efeitos colaterais são devastadores ao ciclo menstrual feminino, e se você começa a tomar isso com uma frequencia pode realmente causar vários danos a sua saúde.

Quanto Custa a Pílula do Dia Seguinte?

O preço da pílula do dia seguinte pode variar de acordo com a marca ou tipo, mas o comum é o valor ser entre 15 a 20 Reais.

Quais as Marcas mais Usadas Disponíveis no Mercado?

São bastante marcas existentes, porém os nomes da pílula do dia seguinte que podemos destacar são: Postinor, Pilem, Dia D, Pozato e Poslove.
fonte da Imagem: HSW

Pílula do Dia Seguinte


405 comentários

Comente!




*Campos obrigatórios