Gravidez e Trabalho

Gestantes se preocupam com situação no trabalho!

Artigo publicado por Juliane Freitas nas categorias: Gestação

Uma das inseguranças que rondam as mulheres grávidas é como ficará sua situação com a empresa depois que ela relatar que está gestante. As mulheres já conquistaram diversos direitos, entre eles alguns que as protege e permite que as empresas não às discrimine as mulheres grávidas. Não existem privilégios para as gestantes, apenas algumas leis que protegem elas.

Gravidez e Trabalho

Condições de trabalho para gestantes

A partir do momento em que a grávida informa seus superiores sobre a sua condição, o seu emprego está assegurado durante a gestação e até os cinco meses após o parto. Ou seja, não pode ser demitida durante este período. Esta estabilidade é concedida a todas as trabalhadoras que contribuem ao INSS, inclusive quem trabalha em regime temporário, terceirizado, autônomas. Esta estabilidade, no entanto não vale para as mulheres que trabalham em regime com data de contrato previsto para encerrar, por exemplo, se o contrato tem data determinada para encerrar no dia 1 de março, ela não tem direito a estabilidade. È o que pode acontecer com aquelas que estão no período de experiência de 3 meses.

Fora isso a grávida não possui regalias no local de trabalho. A licença maternidade é de 4 meses, ou seja, 120 dias corridos, e é facultativo o período de 6 meses de licença maternidade, ou seja, 180 dias corridos, ficando a encargo da grávida e empresa decidir. Durante o período da licença a gestante deve receber normalmente e integralmente seus salários, e quando retornar ao emprego seu cargo deve ser o mesmo assegurado por lei.

Saúde no trabalho

Muitas grávidas acabam tendo a necessidade de fazer saídas para ir ao médico, estas saídas podem acontecer com a apresentação do atestado médico para a empresa posteriormente. Caso a grávida trabalhe de pé ela precisa buscar fazer pausas para sentar, e no caso das que trabalham sentadas devem levantar a cada três horas para se movimentar.

Fora isso, caso a grávida faça trabalhos de risco para o bebê o médico deve fazer um atestado para que ela exerça trabalhos mais leves. A grávida deve evitar locais muito quentes, buscar evitar viagens e festas da empresa e buscar ficar em um local com banheiro próximo. Monte um kit médico para eventuais enjôos ou dores lombares. Busque ficar em uma cadeira com encosto regulável, apoio de braço, e local para apoiar os pés. Para não sofrer discriminação a grávida deve realizar seu trabalho normalmente, entregar seu trabalho no prazo e mostrar que atua bem como qualquer funcionário.

Vídeos

Confira uma série de vídeos discutindo o assunto da Gravidez no Trabalho.

http://www.youtube.com/watch?v=GtJdBDGsabg
http://www.youtube.com/watch?v=d8I60bGxEGc
Gravidez e Trabalho
1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas

  (4,83 de 5 com base em 12 votos)

Loading...


1 comentário

  1. lucimar teresa da silva

    oi descobri q estou gravida de um mes mas fas quatro meses q estou trabalhando sem registo eles podem me demitir

Comente!




*Campos obrigatórios