Gravidez e Saúde Bucal

Cuidados necessários para manter em dia a saúde bucal na gravidez

Artigo publicado por Juliane Freitas nas categorias: Gestação

O período de gravidez é um período em que a saúde da mulher é colocada em teste. Ela pode ficar mais suscetível a certas doenças — e mais resistente a outras — além de existir uma boa lista de doenças que só se manifestam durante a gestação, e a região bucal não está isenta.

Quais os problemas bucais mais frequentes durante a gestação?

Os casos mais comuns são problemas gengivais, como a gengivite gravídica ou gestacional. Ela ocorre porque há alterações hormonais (como o aumento de progesterona) que geram mudanças na vascularização, entre outras coisas, e o acúmulo de placa bacteriana pode causar vermelhidão, inflamação e hemorragia nas gengivas e ainda evoluir para periodontite ou piorreia (gengivite estendida para os ligamentos de suporte dos dentes) e até causar a perda de dentes.

Ocorrem também muitos casos de aumento da cárie, e muitas acreditam que isso acontece porque os dentes perdem cálcio para a formação dos ossos do bebê, mas o cálcio dos dentes se encontra em forma de cristais e não pode circular pela corrente sanguínea. O que ocorre realmente é que há uma mudança na alimentação, porque gestantes costumam comer mais vezes por dia (além dos famosos desejos) e pode haver uma dificuldade de higienizar a região bucal por causa dos enjoos. A formação de cáries ocorre quando bactérias se aproveitam dos açúcares que restam entre os dentes para conseguirem se desenvolver; a cárie é uma doença infectocontagiosa e pode facilmente se espalhar pelos dentes se não for tratada corretamente.

Doces

Alimentos abundantes em açúcar devem ser evitados.

O acúmulo de placa e de alimentos nos dentes se deve a uma higiene precária da boca e ao consumo de alimentos pouco saudáveis — além de ter uma dieta saudável, deve-se escovar os dentes três vezes ao dia, utilizar fio dental diariamente, fazer a higienização da língua, escolher alimentos que contenham menos açúcar e amido e evitar ao máximo comer à noite. Pra quem usa aparelho, cuidado redobrado, pois o acúmulo de resíduos nesse caso é ainda maior.

Existe alguma restrição para tratamentos odontológicos durante a gravidez?

Não há restrição quanto ao número de visitas ao dentista, que devem ser regulares, mas no primeiro trimestre o feto ainda está em formação e no último a ingestão de determinadas substâncias pode acelerar o parto. O tratamento deve ser realizado preferencialmente durante o segundo trimestre, exceto em casos de urgência. De qualquer maneira, se você estiver grávida, é essencial que você informe ao dentista.

Kit Bucal

Escove os dentes com frequência e utilize fio dental.

Se você ainda planeja ser mãe, o ideal é fazer um check up ou tratamento odontológico antes de engravidar. Assim você receberá todas as instruções necessárias a respeito da sua saúde bucal durante a gravidez e poderá prevenir a necessidade de algum tratamento de urgência durante a gestação.

Outra recomendação é que as consultas não sejam muito demoradas, pois consultas longas demais podem causar estresse.

higiene bucal

A higiene bucal da gestante também merece atenção.

Quais desses problemas podem prejudicar meu bebê?

Inflamações na gengiva liberam substâncias que induzem o parto na corrente sanguínea, então há risco de o bebê nascer prematuro ou abaixo do peso se a mãe tiver complicações na saúde bucal. Além disso, ingerir certos medicamentos pode prejudicar a formação do feto.

Confira um vídeo com uma reportagem falando sobre a importância da higiene bucal na Gravidez.

Gravidez e Saúde Bucal
1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas

  (4,50 de 5 com base em 8 votos)

Loading...


3 comentários

  1. Milena

    Tive uma amiga que teve inflamações sérias na gengiva durante a gravidez e passou um grande problema para conseguir resolver. Graças a Deus deu tudo certo com ela.

  2. Lívia

    Adorei o artigo, são coisas que muitas mamães nem pensam e não dão a devida importância.

  3. Judite

    Estou com cáries em 2 dentes sera que pode prejudicar o bebe?

Comente!




*Campos obrigatórios