O Choro do Bebê

Saiba os possíveis motivos do choro do pequenino

Artigo publicado por Juliane Freitas nas categorias: Bebês

Chorar é o que os bebês mais sabem fazer. Eles choram de calor, de frio, de fome. Bebês choram, inclusive, por nada — mesmo. Eles não possuem outra maneira de comunicar suas necessidades quando precisam de ajuda. Uma pena que não seja uma forma muito clara de pedir: quando você acha que é fome, é cólica. Quando acha que é cólica, é arroto. Pra mamães, sejam elas de primeira viagem ou não, é onde começa o desespero; é necessário ter muita percepção para ajudá-lo. Temos algumas dicas que podem te ajudar a desvendar o que seu bebê precisa.

São vários os possíveis motivos que causaram o choro do seu bebê.

São vários os possíveis motivos que causaram o choro do seu bebê.

Por que ele está chorando?

Fome: é o motivo pelo qual eles mais choram. Quanto mais novo o bebê, mais provavelmente ele estará chorando de fome, já que ele tem um estômago muito pequeno e não poderá ficar satisfeito mamando poucas vezes. Um sinal é ele chorar colocando a mão na boca ou parecer procurar alguma coisa, então tente dá-lo de mamar.

Dor de barriga: ele pode estar com cólica, gases ou com dificuldade de evacuar porque o sistema digestivo dele ainda é muito “novinho”, por isso as cólicas geralmente são mais recorrentes até por volta dos 3 meses de idade. Pode também ser refluxo do leite. Se for o motivo do choro, ele provavelmente está vermelho e mamou há pouco tempo. Tente massageá-lo, usar uma bolsa de água quente ou fazer aqueles movimentos tipo bicicleta com as perninhas dele. Você também pode consultar o pediatra para a possibilidade de dar gotinhas antigases.

Sono: parece engraçado que um bebê não consiga simplesmente dormir quando está exausto, mas eles nem sempre conseguem. Quanto mais cansado o bebê estiver, mais irritadiço pode ficar, e assim fica difícil dormir. Se ele fica a esfregar os olhos ou parece estar com um olhar meio lânguido, deve ser esse o motivo.

Ajudar o bebê a arrotar é uma forma de quem não amamenta ajudar no processo de amamentação.

Ajudar o bebê a arrotar é uma forma de quem não amamenta ajudar no processo de amamentação.

Precisa arrotar: se o choro tiver vindo depois de mamar, principalmente se ele estiver deitado, pode ser um arroto preso. É importante pro bebê arrotar porque ele engole muito ar enquanto mama, chora ou mesmo respira, e esse acúmulo de ar se transforma em gases e geralmente deixa o bebê satisfeito antes de consumir o necessário de leite por preencher o estômago dele, o que vai causar desconforto. Para fazê-lo arrotar, espere que ele naturalmente solte o seio ou a mamadeira e o apoie verticalmente no seu ombro, na sua frente, encostando a barriguinha dele na sua, ou sentado e dê tapinhas leves, mas firmes, nas costas. Se ele não arrotar, é porque não precisa.

Fralda suja: há bebês que pouco se importam com a fralda suja, outros se desesperam para serem trocados imediatamente, principalmente quando estão com a pele irritada. Se ele chorar, pode ser isso, então verifique a fralda do seu filho e troque se necessário, isso pode resolver.

Roupa: a roupa pode incomodar em vários aspectos. Tem recém-nascido que não suporta o contato da pele com o ar e gosta de ficar sempre vestidinho, mas às vezes as mamães exageram na roupa e o bebê pode ficar com calor. Ao invés de examinar pés e mãos, passe a mão na barriguinha dele. Se estiver fria, coloque mais roupas. Se estiver quente e suando, deixe-o mais fresquinho.  Veja também se não tem algum fiapo enroscando nele, algum elástico apertado demais, um tecido muito áspero. Esse tipo de coisinha os incomoda muito, como dobras na fralda.

Se você tiver feito tudo o que podia e achar que há algo de errado, não sinta medo de procurar um médico.

Se você tiver feito tudo o que podia e achar que há algo de errado, não sinta medo de procurar um médico.

Estímulos: tanto quanto um dia cheio de visitas, luzes, barulho e ser passado de colo em colo é demais para alguns bebês, ficar no escuro, no silêncio e sem nenhuma distração pode ser o motivo da angústia, depende do bebê. Se no final de um dia movimentado ele começa a chorar, pode precisar de mais tranquilidade. Se o bebê começou a chorar de repente estando sozinho, tente levá-lo para ver as pessoas na rua ou ligar uma música pra ele.

Há bebês que simplesmente choram muito. O dentinho dele pode estar nascendo, e isso incomoda muito alguns bebês (coloque o dedo na gengiva para sentir). Ele pode estar com dor. Você pode massageá-lo, dar algo pra ele chupar, dar colo, mantê-lo aquecido, colocá-lo na água morna, verificar a temperatura dele. Pra crianças que choram muito, o silêncio é que parece inapropriado, então se nada disso funcionar e você, que é a mãe e o conhece melhor que ninguém, achar que há algo de errado, procure um médico.

O Choro do Bebê


1 comentário

  1. sarah jhennyffer

    eu segui o tabelinha do período fértil,
    e hoje sou mãe, estou com apenas 1 mês
    e tudo e novo ainda e estou muito feliz. e entro regularmente no site
    tudo e muito bom parabéns.

Comente!




*Campos obrigatórios