Calendário de Vacinação

Lista de vacinas oferecidas pelo Ministério da Saúde do Brasil que seu filho deve tomar

Artigo publicado por Juliane Freitas nas categorias: Bebês

Memorizar todas as vacinas que seu filho deve tomar ao longo da vida não é fácil, e como a saúde dele deve ser priorizada e tratada com o maior zelo possível, separamos abaixo a lista de vacinas recomendadas e oferecidas gratuitamente pelo Ministério da Saúde para bebês e crianças.

No nascimento

  • Dose única da BCG contra tuberculose e suas formas graves, deve ser aplicada no primeiro mês de vida. Geralmente se forma uma ferida, o que é normal. Caso a lesão pareça maior ou mais grave, procurar um médico;
  • 1ª dose contra Hepatite B, dada gratuitamente nas primeiras 12 horas de vida;

1 mês

  • Segunda dose contra Hepatite B, 30 dias depois da primeira dose, ou no 2º mês, combinada a outras vacinas.

2 meses

  • DTP + Hib (pentavalente) contra difteria, tétano, coqueluche, meningite e infecções causadas pelo Haemophilus influenzae tipo b, Hepatite B. Encontrada em hospitais públicos;
  • 1ª dose contra a poliomielite, ou paralisia infantil;
  • 1ª dose contra o rotavírus, que causa vômito e diarreia;
  • Pneumocócica conjugada contra pneumonia e outras doenças causadas pela bactéria pneumococo.

Bebe-vacina

3 meses

  • 1ª dose contra a meningite e outras doenças disseminadas pela bactéria chamada meningococo C;

4 meses

  • 2ª dose contra difteria, tétano, coqueluche e infecções provocadas pela bactéria Haemophilus influenzae tipo b;
  • 2ª segunda dose contra poliomielite;
  • 2ª dose contra rotavírus;
  • 2ª dose da pneumocócica;

5 meses

  • 2ª dose contra a meningite e outras doenças;

6 meses

  • 3ª dose contra difteria, tétano, coqueluche e infecções provocadas pela bactéria Haemophilus influenzae tipo b;
  • 3ª dose contra a poliomielite;
  • 3ª e última dose contra Hepatite B;
  • 3ª dose contra o rotavírus;
  • 3ª dose contra pneumonia e outras infecções causadas pela bactéria pneumococo;
  • Contra gripe. Na primeira vez que a criança toma a vacina da gripe, são necessárias duas doses, com intervalo de um mês. É preciso tomar a vacina todo ano, porque todo ano o vírus sofre alterações.

bebe-vacina-poliomielite

9 meses

  • Dose única contra a febre amarela, mais recomendada para moradores ou visitantes de áreas consideradas de risco como: Acre, Amapá, Amazonas, Bahia, Distrito Federal, Goiás, Maranhão, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Pará, Rondônia, Roraima, partes dos Estados de São Paulo, Paraná, Piauí, Santa Catarina, Rio Grande do Sul e Tocantins. O pediatra ou um funcionário da unidade básica de saúde pode te informar melhor a respeito.

1 ano

  • Dose de reforço contra a meningite e outras doenças disseminadas pela bactéria meningococo C;
  • 1ª dose da tríplice viral contra rubéola, sarampo e caxumba;
  • Contra catapora ou Varicela, recomendada pela Sociedade Brasileira de Pediatria, mas não oferecida pelo SUS. Ela deve ser dada junto com a tríplice viral, ou então com 28 dias de intervalo, porque uma pode interferir na resposta da outra.

1 ano e 3 meses

  • Dose de reforço contra a poliomielite;
  • Dose de reforço contra a pneumonia.

vacinar-seu-bebe

4 a 6 anos

  • 2ª dose de reforço contra difteria, tétano, coqueluche;
  • Dose de reforço contra a poliomielite (paralisia infantil;
  • 2ª dose da tríplice viral;
  • Dose de reforço contra catapora, não oferecida pelo SUS.

10 anos

  • Dose de reforço contra o vírus da febre amarela para crianças que morem ou estejam visitando áreas consideradas de risco.

Vacinas opcionais

Algumas vacinas não são oferecidas pelo SUS, como a já citada contra catapora e, por exemplo, a da Hepatite A. Você pode consultar o pediatra do seu filho e verificar a possibilidade de vaciná-lo num hospital particular.

Calendário de Vacinação
1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas

  (4,69 de 5 com base em 13 votos)

Loading...


Comente!




*Campos obrigatórios